Products, help and information

Frente fria

Arrival of a cold front

Arrival of a cold front
Picture: meteoblue

Uma frente fria é definida como a vanguarda de uma massa de ar mais frio, que se move para a frente como uma "frente" e substitui uma massa de ar mais quente (ao nível do solo) levantando-a.

Ao chegar, uma frente fria parece-se com um rolo escuro, nuvens baixas, que geralmente avançam a velocidades de 30 a 80 km/h. Quando ela chega, o céu fica rapidamente encoberto e a luz do sol é consideravelmente reduzida a tal ponto que as luzes têm de ser ligadas em edifícios.
Como é que uma frente fria se desenvolve e como é que ela afeta o clima?

Origem de uma frente fria

Scheme of a cold front

Scheme of a cold front
Source: Wikimedia Commons

Uma frente fria forma-se entre os centros de alta e baixa pressão. As diferenças de pressão originam o fluxo de ar a partir do centro da alta pressão para o centro da baixa pressão. Tipicamente, o ar mais frio a partir do centro da alta pressão flui para o centro da baixa pressão, onde o ar quente sobe.
Com diferenças de pressão maiores, a velocidade e a quantidade de fluxo do ar aumenta. Assim, grandes quantidades de ar frio são colocadas em movimento e agregadas a uma grande frente de várias centenas de quilómetros de extensão. Esta frente é comprimida pelo ar frio, após a primeira frente.
Frentes frias avançam rapidamente e levam o ar quente à sua frente. Sob certas condições, contudo, o ar frio pode também flutuar sobre o ar mais quente e mais à frente e consequentemente misturar e arrefecer.
As frentes frias geralmente originam a precipitação, porque elas arrefecem o ar para o ponto onde a humidade retida condensa.