Products, help and information

Vento

NEMS Global 25km - verification of wind speed

Simulações do vento com MOS:

  • Reduz MAE* em 40%
  • 96% das estações com MAE < 2.0m/s
  • Melhoria vs. RAW = 0.9m/s
  • 80% de todos os erros em cada hora < 2.0m/s

Utilizado na maioria das previsões de meteoblue

A previsão do vento de meteoblue para o período de 12-48 horas de antecedência alcança 70-80% de concordância (r² correlação) com valores medidos. Sabendo-se que o vento pode variar substancialmente dentro de uma distância de 200 metros, isto é uma correlação muito alta. Quando o vento é medido dentro de distâncias de 200-500 metros, estas medições raramente mostram uma maior concordância entre elas em relação ao que as previsões de meteoblue fazem.
O que significa isso?

Pessoalmente: Se você quer saber a situação do vento numa área de 3-12 km, olhando para a previsão de meteoblue dá-lhe a mesma precisão como olhar para uma medição da estação meteorológica dentro dessa área.
Tecnicamente: modelos de meteoblue preveem o vento com uma precisão quase equivalente às medições. Adicionando técnicas de correção locais, a correlação (r²) pode ser aumentada por mais de 5-10%. Isto significa que se pode atingir uma correlação de 90% usando a previsão do vento de meteoblue numa base horária para 1-5 dias de antecedência.

MAE*: Mean absolute error (média de erro absoluto)

Exemplo de utilização

No exemplo a seguir é mostrada a probabilidade de uma perda de produção num parque eólico.

Exemplo hipotético: Você está interessado em velocidades do vento abaixo de 4 m/s, porque você é proprietário de um parque de energia eólica e está preocupado com a produção de eletricidade. O erro do modelo é de +/- 2 m/s em 80% dos casos. Isto significa que, com um risco de 20% a velocidade do vento pode variar mais do que 2 m/s. Mas você está interessado apenas na diminuição da velocidade do vento, de modo que o risco das variações da velocidade do vento em sentido negativo é apenas metade: 10%. Mais precisamente, a uma velocidade do vento de 6 m/s você tem uma probabilidade de 10% que a velocidade do vento desce abaixo de 4 m/s. Se a velocidade crítica do vento para a sua usina de energia é de 3 m/s, o risco é ainda menor: 5%.

O mesmo pensamento pode ser feito com um erro de 1 m/s em 80% dos casos. Há uma diminuição da probabilidade de que a velocidade do vento desce abaixo de 4 m/s; o risco é de 5% a 6 m/s.

Se a previsão só é válida para 60% de todos os casos o risco é o seguinte: A uma velocidade do vento de 6 m/s você tem uma probabilidade de 20% que a velocidade do vento desce abaixo de 4 m/s; 10% para uma velocidade do vento inferior a 3 m/s.

Todas estas considerações assumem que você está estimando o risco de velocidades do vento abaixo de 4 m/s, a uma velocidade do vento real de 6 m/s. Se estes cálculos são feitos por exemplo a 5 m/s, o risco é alterado.

Na figura, estes factos são mostrados de uma forma visual.

Visualization of the risk, that the wind speed drops below 4 m/s.